Idioma
Cliques
1 mil
pt.news 1

Bispos italianos querem derrubar Summorum Pontificum

Bispos italianos sugeriram, durante o seu atual encontro autunal, abolir o Motu Proprio Summorum Pontificum, conforme relata MessaInLatino.it (16 de novembro).

O arcebispo de Gorizia, Carlo Radaelli, de 62 anos, disse que Bento XVI está "errado" ao escrever, em Summorum Pontificum, que a Missa Antiga nunca foi revogada. Em vez disso, Radaelli afirma que a Missa Romana foi abolida por Paulo VI. Consequentemente, o Motu Proprio de Bento seria nulo ou não válido.

Inúmeros prelados apoiam as afirmações de Radaelli - dentre eles, o modernista padre Luigi Girardi, que dirige o Instituto Romano da liturgia pastoral; o bispo de Novara, Franco Brambilla, de 69 anos, e um bispo anônimo do sul da Itália.

Radaelli e Brambilla foram ambos nomeados por Bento XVI.

Fotografia: © Joseph Shaw, CC BY-NC-SA, #newsXiznlekpse
pt.news mencionou esta publicação em Núncio: intolerância em relação a Vetus Ordo há “algo diabólico”.