Idioma
Cliques
53
pt.news

Bispo bergogliano irredutível exila padre por ser católico

O bispo liberal integralista, Raúl Martín, de Santa Rosa - Argentina, ordenou, em dezembro, que o padre Luis Murri, deixasse a diocese.

O motivo: Murri é um padre católico que prega a doutrina católica. Para o bispo Martín, ele não é adequado à sua diocese [heterodoxa].

Murri foi originalmente ordenado padre para a diocese de San Rafael, mas três anos depois da sua ordenação, ele se transferiu Santa Rosa, pois o bispo local teria requisitado sacerdotes a San Rafael.

O monsenhor Martín é um ex-bispo auxiliar do cardeal Bergoglio de Buenos Aires. Ele é um inimigo agressivo de receber a Comunhão de joelhos, e até repreendeu coroinhas por fazê-lo.

Fotografia: Luis Murri, #newsNufgstrqol