Idioma
Cliques
129
pt.news

Arquidiocese ensina "fidelidade" ao pecado mortal

A arquidiocese de Turim - Itália, dará "lições de fidelidade" aos casais homossexuais durante o chamado retiro da Quaresma, escreve o diário La Stampa (3 de fevereiro).

O retiro ocorrerá nos dias 24 e 25 de fevereiro em um mosteiro das Filhas da Sabedoria. O padre Gianluca Carrega, responsável por uma "atenção pastoral de homossexuais", não negou que serão oferecidos quartos de casais para os homossexuais que querem praticar fornicação não natural no mosteiro.

Carrega fala sobre o "retiro": "Queremos dizer aos homossexuais que eles também merecem ser fidelizados". Segundo o Evangelho, a "fidelidade" de Carrega se refere à fidelidade ao pecado mortal. Carrega ensina o Novo Testamento na Faculdade de Teologia de Turim.

O retiro será realizado pelo padre jesuíta Pino Piva. Ele falará sobre "o valor da fidelidade e do amor à luz da mensagem bíblica". A Igreja nunca viu um elo entre sodomia e amor.

Carrega conta que, em 2017, recebeu de seus amigos três convites para pseudo-casamentos homossexuais, mas apenas um convite para um casamento normal. Em maio de 2016, a Itália introduziu o pseudo-casamento homossexual. Segundo Carrega, "esta lei trouxe muitos frutos".

Fotografia: Duomo di Torino, #newsBjjgpkhwyw