Cliques61
pt.news

Vaza carta de Francisco ao "senhor" Maduro

Papa Francisco enviou uma carta particular (7 de fevereiro) a Nicolás Maduro, chamando-o de "senhor" em vez de "presidente".

O líder da oposição Juan Guaidó, que pertence à classe alta, foi reconhecido em 23 de janeiro como presidente interino pelos regimes ocidentais, que estão cobiçando as gigantescas reservas de petróleo da Venezuela. Guaidó não é apoiado pelos militares nem pela maioria da população.

A carta de Francisco foi vazada [pelo Vaticano] ao diário Corriere Della Sera. Francisco escreve que as condições não estão maduras para o Vaticano agir como mediador. Ele pediu para "evitar qualquer forma de derramamento de sangue".

Parece que Francisco hesita em tomar partido antes que fique claro quem ganhará.

Os bispos liberais da Venezuela apoiaram as marchas da oposição e classificaram a eleição de maduro como "ilegítima", embora não haja evidências disso.

Fotografia: Nicolas Maduro, © Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr - Agência Brasil, CC BY-SA, #newsOtyxjbvvcp