Clicks102
pt.news

Pena de morte: herege Francisco afirma que um ensinamento moral pode se transformar em seu oposto

A pena de morte é "inaceitável e imoral", disse Papa Francisco à União Internacional dos Superiores Gerais em 10 de maio.

Esta declaração está errada, porque a pena de morte foi [em princípio] aceita, defendida e ensinada como moralmente lícita em toda a história da Igreja.

Francisco usou o subterfúgio de que isso era "diferente há 50 anos", mas "houve uma melhor compreensão da moralidade". Isso não é verdade, pois não surgiram novos argumentos convincentes a esse respeito.

Portanto, Francisco contradiz todos os documentos da igreja sobre a pena de morte até o seu pontificado.

Sua afirmação implica que o tempo ou as circunstâncias podem mudar verdade objetivas e - além da pena de morte - um precedente para "mudar" do nada qualquer outro ensinamento moral [ou dogmático].

#newsSahmyfoxjc