Idioma
Cliques
38
pt.news

Outra carta de Viganò: McCarrick deveria se arrepender publicamente

O cardeal Theodore McCarrick, de 88 anos, deveria se arrepender publicamente pelos abusos homossexuais dos quais é acusado, escreveu o famoso denunciante, o arcebispo Carlo Maria Viganò, em uma carta aberta ao cardeal, em 13 de janeiro.

Ele critica McCarrick por não ter dado qualquer sinal de arrependimento até agora, expressando sua crença de que isso traria “cura” a uma Igreja gravemente ferida.

Mas Viganò está equivocado. Primeiro por que o que quer que a Igreja faça contra os abusos - e fez mais do que qualquer outra instituição neste mundo - nunca será o suficiente para a mídia oligárquica e, segundo, por que o arrependimento só faz sentido onde há perdão.

Porém, a Igreja de Francisco não conhece misericórdia por supostos abusadores.

Fotografia: Theodore McCarrick, #newsZsbmxokdrj