Clicks93
pt.news

George Soros elogia Papa Francisco

"Papa Francisco passou uma importante mensagem quando pediu por perdão para a discriminação, a segregação e o mau tratamento às pessoas de Roma", tuitou o oligarca norte-americano George Soros, em 3 de junho.

Em 7 de junho, Agostino Nobile escreve em MarcoTosatti.it que, em 1944, Soros com 14 anos de idade assistia seu pai judeu, Tivadar Schwartz, a ajudar nacionais-socialistas a confiscarem propriedades dos judeus que eram enviados aos campos de concentração.

Schwartz tinha comprado a si mesmo documentos falsos, que mostravam que ele era de etnia húngara, e mudou seu sobrenome para Soros.

Em uma entrevista realizada em 1998 no programa 60 Minutes Interview, o oligarca admitiu que não tinha sensação de culpa. "É como nos negócios", comentou ele: "se eu não tivesse feito isso, isso teria sido feito por alguma outra pessoa,"

#newsYuuhajchya