Clicks193
pt.news

Cardeal Sarah: a Igreja tornou-se um “antro da escuridão” porque os bispos evitam a verdade e a clareza

A Igreja vive um “mistério de traição”, um “mistério de Judas”, escreveu o cardeal da cúria Robert Sarah em seu novo livro ”Le soir approche et déjà le jour baisse”, publicado pela editora Fayard:

“A Igreja está morrendo porque os pastores têm medo de falar com verdade e clareza”, acrescenta ele. “Temos medo da mídia”. Como consequência, os católicos estão “confusos”.

Para Sarah, a Igreja se tornou um “antro de escuridão” e uma “caverna de ladrões”. Alguns homens de Deus se transformaram em “agentes do Mal”. Acrescenta ainda: “traímos como Judas”. Sarah define o relativismo como “a máscara de Judas, vestida de intelectual”.

“Nós toleramos tudo” e a “doutrina católica é colocada em questão”, salienta Sarah:

“Em nome de posturas que eles chamam de ‘intelectual’, os teólogos se divertem desconstruindo os dogmas e esvaziando a moral católica de seu profundo significado”.

Fotografia: Robert Sarah, © Mazur/catholicnews.org.uk, CC BY-SA, #newsSivcysayzn