Language
Clicks
71

SUÉCIA ABRIGA 150 TERRORISTAS DO ESTADO ISLÂMICO, MAS NEGA APOIO A REFUGIADA CRISTÃ

LIBERTAR.in :: Seja livre, antes que seja tarde!

PROFESSOR CANADENSE QUE RECUSA USAR PRONOMES DE “GÊNERO NEUTRO” É BANIDO DO YOUTUBE E GOOGLE
SUÉCIA ABRIGA 150 TERRORISTAS DO ESTADO ISLÂMICO, MAS NEGA APOIO A REFUGIADA CRISTÃ
JUDEUS MARCHAM EM JERUSALÉM EXIGINDO A CONSTRUÇÃO DO TERCEIRO TEMPLO
PORTA DOS FUNDOS É PROCESSADO EM R$ 5 MILHÕES POR SÁTIRA AOS CRISTÃOS

PROFESSOR CANADENSE QUE RECUSA USAR PRONOMES DE “GÊNERO NEUTRO” É BANIDO DO YOUTUBE E GOOGLE

Posted: 05 Aug 2017 12:49 PM PDT



O professor canadense de psicologia Jordan Peterson teve suas contas do YouTube e Google desativadas; Peterson, que leciona na Universidade de Toronto, acredita que a restrição foi-lhe imposta porque ele critica movimentos de justiça social e politicamente corretos, como o famigerado "gênero neutro" usado por pessoas que não se identificam com o sexo masculino ou feminino.

O The Blaze colacionou partes da entrevista dada pelo professor ao The Daily Caller. Peterson disse que "este é apenas mais um exemplo dessas grandes empresas que pressionam … decidindo por vontade própria quem pode se comunicar e quem não pode."

Peterson tem mais de trezentas mil pessoas inscritas em seu canal do YouTube.

Depois de também ter sua conta do Google desativada, ele enviou um email à companhia, no qual protestou: "por favor, diga-me o princípio que tenho violado. Eu não violei quaisquer termos que eu conheço e não usei indevidamente minha conta".

O Google respondeu-lhe dizendo que "nós sabemos que você recentemente não conseguiu acessar sua conta do Google, e agradecemos seu contato." E acrescentou: "após revisão, sua conta não é elegível para ser reintegrada devido a uma violação de nossos Termos de Serviço."

"Mas o fato de que eles analisaram isso e depois decidiram que minha conta não é elegível para ser reativada indica para mim que isso é um erro bastante curioso", explicou Peterson. "Ou que há algo que é político e que está associado à censura."

Curiosamente, as contas foram reativadas logo após a reportagem produzida pelo The Daily Caller vir à tona.

O caso restabelece a discussão acerca dos limites (se há algum) da liberdade de expressão. Em janeiro deste ano, Milo Yiannopoulos, uma comentarista político conservador que há época trabalhava para o Breitbart e que é assumidamente gay, foi impedido de palestrar na Universidade de Berkeley (Califórnia) porque suas posições conservadoras foram consideradas "discurso de ódio" pelo corpo administrativo da instituição.

Via Breitbart Brasil

SUÉCIA ABRIGA 150 TERRORISTAS DO ESTADO ISLÂMICO, MAS NEGA APOIO A REFUGIADA CRISTÃ

Posted: 05 Aug 2017 11:06 AM PDT



A história de uma refugiada cristã iraniana, que pode ser deportada da Suécia e agora poderá enfrentar grande perseguição em seu país de origem está comovendo e mobilizando internautas de diversas partes do mundo.

Neste momento, o futuro de Aideen Strandsson ainda permanece incerto. Ela espera pela possibilidade de asilo político ou por sua deportação.

A atriz iraniana abandonou o islamismo para se tornar uma cristã depois de ter um sonho sobre Jesus. Ela chegou à Suécia em 2014 com um visto de trabalho.

Aideen tem falado abertamente sobre sua fé cristã, o que significa que ela poderia enfrentar prisão, estupro e morte, caso retornasse à República Islâmica do Irã.

"É realmente perigoso para mim e não sei por que a imigração não acredita nisso. Estou realmente em perigo", disse Aideen à CBN News.

Mesmo que o conselho de migração da Suécia diga, em sua própria página da web, que nunca irá deportar os requerentes de asilo para as nações onde eles enfrentam o perigo e, assim, seja uma violação da Convenção de Genebra sobre os refugiados, o conselho de migração rejeitou o pedido de asilo de Aideen e encaminhou este caso para a polícia de fronteiras, o que poderia levar à eventual deportação da requerente de asilo.

"A informação do setor de migração nos diz sobre as prisões iranianas que a tortura e a violação de tantos outros direitos humanos são comuns e é uma violação do direito internacional sujeitar qualquer pessoa a esse tratamento", disse o advogado sueco Gabriel Donner.

Muitos internautas e telespectadores disseram à CBN News - que tem acompanhado este caso - que entraram em contato com o setor de migração da Suécia depois que a notícia foi divulgada. Um funcionário do fórum de migração também entrou em contato com a agência de notícias, afirmando: "... o fato de seus leitores nos escreverem não mudará a decisão da Agência de Migração, nem podemos mudar a decisão do tribunal".

"O caso dela foi para apelação, processado pela Agência de Migração e posteriormente pelos tribunais suecos, que também decidiram que Aideen não pode receber asilo como refugiada na Suécia", escreveu Ulrika Langels, do Conselho de Migração da Suécia.

Pessoas de diversos países também estão oferecendo abrigo à cristã iraniana e até mesmo afirmaram que podem ajudá-la a conseguir asilo em suas nações, mas Strandsson não pode sair da Suécia. Seu passaporte iraniano foi confiscado.

E ela diz que sua vontade, inicialmente é permanecer na Suécia, se possível.

Além de Strandsson, outros cristãos requerentes de asilo na Suécia também estão enfrentando deportação. Enquanto isso, o governo sueco deu 150 identidades protegidas a terroristas do Estado Islâmico que supostamente estariam voltando para a Suécia em busca de empregos.

O governo sueco negou este tipo de ajuda a Aideen.

"Eles me disseram: 'É a sua vida pessoal e não é nosso problema se você decidiu se tornar uma cristã. Isso é problema seu", disse Aideen.

Donner disse que os cristãos deportados para nações islâmico enfrentam um perigo claro, quando voltam ao seu país de origem.

"Alguns deles são mortos imediatamente [quando chegam], alguns deles conseguem se esconder, alguns deles escapam para outros lugares, mas se você os deporta está colocando-os em risco", disse o advogado.

O chefe da Junta de Migração, Mikael Ribbenvik, poderia reabrir o caso, mas Aideen agora confia em um poder muito maior do que o governo sueco - o poder de Jesus Cristo.

"Eu penso sobre o sonho que tive no Irã, sobre Jesus e eu ainda penso: Ele está vendo tudo isso acontecer comigo ... Ele vai me ajudar", disse Aideen.

Enquanto isso, o advogado de Aideen diz que tentará outra audiência, mas não há garantia de que seu caso seja ouvido.

Via Guia-me

JUDEUS MARCHAM EM JERUSALÉM EXIGINDO A CONSTRUÇÃO DO TERCEIRO TEMPLO

Posted: 05 Aug 2017 10:39 AM PDT



Esta semana marcou o início do jejum judaico Tisha B'Av, que lembra a destruição do Primeiro e Segundo Templos pelos babilônicos e romanos, respectivamente.

Milhares de judeus israelenses participaram de uma marcha anual em torno dos muros da Cidade Velha de Jerusalém, com um foco especial no Monte do Templo.

Embora seja o local mais sagrado do judaísmo, devido a acordos firmados no final da Guerra dos Seis Dias, em 1967, são os muçulmanos que controlam o local e os judeus não podem fazer suas orações ali.

Os conflitos recentes no local reacenderam a disputa sobre quem é o legítimo "dono" do local.

Na marcha desta semana, os funcionários do governo presentes destacaram que o povo de Israel está buscando muito mais do que o direito de orar no alto do Monte do Templo, eles querem a construção do Terceiro Templo.

"Todo mundo que veio aqui esta noite provou com seus pés que desejamos o Templo de volta – e rapidamente", afirmou o vice-ministro da Defesa, Eli Ben Dahan, ao jornal Arutz.

Mais de mil judeus subiram ao monte esta semana, em uma demonstração coletiva que chamou atenção das autoridades. O movimento é pacífico e a maioria deles pedem apenas o direito de voltar a expressar livremente sua fé neste que é considerado um lugar santo por cerca de 3 mil anos. Com informações de Israel Today

Por Jarbas Aragão - Gospel Prime

PORTA DOS FUNDOS É PROCESSADO EM R$ 5 MILHÕES POR SÁTIRA AOS CRISTÃOS

Posted: 05 Aug 2017 10:18 AM PDT



O canal Porta dos Fundos costumeiramente faz vídeos ridicularizando os cristãos e personagens bíblicos. No passado, foi inclusive processado por líderes evangélicos por esse motivo, mas acabaram ganhando na justiça, sob alegação que fazem valer sua "liberdade de expressão".

Contudo, também há previsão legal no Brasil contra o vilipêndio da fé alheia. Ciente disso, o Centro Dom Bosco, uma associação católica do Rio de Janeiro, está pedindo indenização de R$ 5 milhões.

O Dom Bosco entrou com uma ação na 46a Vara Cível do TJ do Rio, denunciando a publicação do vídeo "O céu católico", onde Fábio Porchat e Gregório Duvivier (ambos ateus) ridicularizam do conceito de Paraíso.

No esquete, Adolf Hitler está no céu, por que teria pedido perdão na hora da morte enquanto outras pessoas estariam no inferno por terem comido alimentos proibidos e trabalhado em dias "santos". A piada distorce os textos do Antigo Testamento e também afirma que protestantes não entram no céu

O pedido de reparação da associação católica é de R$ 1 para cada visualização no YouTube. Publicado em outubro de 2016, o material já foi visto quase 5 milhões de vezes. Com informações O Globo

Via Gospel Prime

You are subscribed to email updates from LIBERTAR.in - Ministério CASA DE YISRAEL - Ezequiel 37:16-28.
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.

Email delivery powered by Google

Google Inc., 1600 Amphitheatre Parkway, Mountain View, CA 94043, United States