Idioma
Cliques
73
pt.news

Vaticano sob pressão de falsas notícias da CNN sente "vergonha e tristeza"

O assessor de imprensa do Vaticano, Greg Burke, publicou em 16 de agosto uma declaração servil sobre o [fraudulento] "Relatório do Grande Júri da Pensilvânia" com relação aos abusos clericais em seis dioceses da Pensilvânia.

Bill Donohue, da Liga Católica, ressalta que quase todas as acusações elencadas no relatório são históricas, nenhuma delas foi comprovada, e algumas são errôneas.

Donohue acrescenta que não existe uma instituição nos EUA, privada e pública, "que tenha menos problemas com o abuso sexual de menores hoje do que a Igreja Católica".

No entanto, Burke se entrega de forma hiperbólica ao falar de "vergonha e tristeza" sobre "esses crimes horríveis" que o relatório da Pensilvânia não se preocupa em provar.

A desesperada reação do Vaticano veio depois que a mídia de falsas notícias liderada pela CNN exigiu uma declaração do Vaticano sobre o relatório da Pensilvânia, chamando o silêncio de "ensurdecedor".

Verdadeiramente ensurdecedor é o silêncio que os meios de comunicação recebem do Vaticano quando mencionam os verdadeiros e atuais abusos que tocam a própria essência da Igreja.

Fotografia: © Mazur/catholicnews.org.uk, CC BY-SA, #newsXreoowadxn
pt.news mencionou esta publicação em Vencedores e perdedores [católicos] - por padre Reto Nay.