Idioma
Cliques
113
pt.news

Monsenhor Oscar Romero - Canonização comprometida

Papa Francisco decretou, em 6 de março de 2018, a canonização do falecido arcebispo de San Salvador, Oscar Romero.

Entretanto, monsenhor Jesus Delgado, sacerdote que foi funcional para isso, foi reduzido a estado laical em dezembro de 2016. Delgado era secretário privado de Romero, íntimo colaborador, primeiro biógrafo e co-postulador do seu caso de beatificação.

Ele admitiu ter abusado de uma garota entre os 9 e os 17 anos de idade. Este é um caso raro de abuso sexual, por parte de padres, que não é de natureza homossexual. A vítima, agora em seus 40 anos, relatou o abuso ao governo de El Salvador.

Parece que os abusos começaram depois da morte de Romero. Em outubro de 2014, Delgado foi um membro proeminente de uma delegação de El Salvador que foi ao Vaticano para agradecer a Papa Francisco pela beatificação de Romero.

Fotografia: Jesus Delgado, #newsFqrbtdabbd
Escreva um comentário