Idioma
Cliques
116
pt.news

Se Francisco aprovar oficialmente a anticoncepção, cairá novamente em heresia

Para o filósofo austríaco Josef Seifert é "totalmente inadmissível e uma ruptura radical com o ensinamento da igreja" afirmar que o uso da contracepção é um suposto "ato de responsabilidade".

Seifert se referiu a uma afirmação feita pelo padre radical Maurizio Chiodi, membro da antiga Academia Pontifícia para a Vida.

Ao falar com Edward Pentin (13 de julho), Seifert disse que se o Papa Francisco carimbasse oficialmente essas mudanças "estaria aceitando um erro ético total e uma enorme heresia".

Seifert acrescentou que a heresia de Chiodi não é "nada mais que um velho erro ético" que implica "a total destruição do ensinamento moral da Igreja".

#newsWtiujveklu
Escreva um comentário