Idioma
Cliques
74
pt.news

Francisco sobre as Dubia: “não é o modo eclesial de fazer as coisas”

Em uma entrevista de 20 de junho com Philip Pullela à agência oligárquica Reuters, Papa Francisco fez a afirmação bastante improvável de que ele havia tomado conhecimento dos quatro cardeais “Dubia” quanto a Amoris Laetitia “através dos jornais”, dizendo que este é “um modo de fazer as coisas que é, digamos, não eclesial”.

Isso só pode significar que Francisco está lendo jornal em vez de cuidar de sua correspondência. As Dubia foram enviadas a ele em 2016. Francisco as ignorou desde então.

Entre outros tópicos da entrevista, Francisco pediu à Europa que aceite a imigração em massa na Europa: “não se pode rejeitar as pessoas que chegam”. A Europa precisa enfrentar um inverno demográfico com “mais imigrantes”. Ele não se importa que esse inverno demográfico esteja afetando as nações pobres que perdem sua população jovem em favor dos países ocidentais ricos devido à emigração.

Francisco disse ainda que quer mais mulheres para chefiar departamentos do Vaticano, porque elas [supostamente] “são melhores em resolver conflitos” [um pensamento que não é comumente conhecido].

De acordo com Francisco, as controversas negociações do Vaticano com a China estão “em um bom momento".

Perguntado sobre uma possível renúncia, Francisco disse: “No momento, não estou pensando nisso”.

Fotografia: © Mazur/catholicnews.org.uk, CC BY-NC-SA, #newsUxvbcfkads