Idioma
Cliques
81
pt.news

Cardeal Schönborn: "João Paulo II perdeu a metade do ensinamento moral"

Papa Francisco está "avançando", mas, em parte, "de uma maneira muito solitária", segundo Christoph Schönborn, o cardeal de Viena.

Falando ao semanário alemão anticlerical Zeit (11 de janeiro), ele admitiu que com Francisco houve uma "mudança" perceptível na Igreja. Schönborn acredita que Francisco seja atraente para "muitos" que têm "pouco a fazer" com a Igreja (e continuam tendo pouco a ver com a Igreja, apesar de Francisco).

Schönborn critica a encíclica de João Paulo II Veritatis Splendor (1993) por se preocupar com normas objetivas, mas carente do "outro lado". Em Amoris Laetitia, Francisco - segundo Schönborn - "acrescenta a segunda metade da questão", que consiste no discernimento de casos singulares e da consciência pessoal (como se João Paulo II não considerasse "circunstâncias" e "consciência").

Schönborn ataca os quatro cardeais das Dubia por publicarem suas preocupações: "Este não é um comportamento adequado para colaboradores próximos do Papa." Francisco, no entanto, recusou de maneira inflexível a ter qualquer colaboração estreita com estes "colaboradores próximos".

Fotografia: Christoph Schönborn, © Loretto-Gemeinschaft, CC BY-NC-ND, #newsVpduyihznd

Escreva um comentário …