Clicks47
pt.news
2

Duvidosa conselheiro Vaticano faz afirmações duvidosas sobre "diaconisas"

No primeiro milênio, mulheres serviram como diaconisas "em papeis sacramentais", afirmou Phyllis Zagano diante do ingênuo AmericaMagazine.org (15 de janeiro).

Zagano é uma teóloga estadunidense dissidente, que defende as "diaconisas". No entanto, o Papa Francisco a indicou para uma comissão sobre o diaconato feminino, que terminou seu trabalho em junho.

Ela menciona supostas atividades "sacramentais", tais como dar a unção a mulheres doentes e catecúmenas, [supostamente] levando a Sagrada Comunhão a mulheres doentes e inspecionando o corpo de mulheres espancadas por seus maridos.

Entretanto, fontes antigas como a "Constituição Apostólica" (século IV) observam que "uma diaconisa não abençoa, não desenvolve nenhuma função pertinente ao ofício dos sacerdotes ou diáconos", mas "deve ajudar os sacerdotes no batismo de mulheres por uma questão de decência."

Além disso, Zagano faz a errônea declaração de que as cerimônias de ordenação de diaconisas eram "idênticas" às de diáconos.

Porém, as preces da ordenação de diáconos se referem a Santo Estêvão, enquanto aquelas para diaconisas se referem a Febe. Apenas a oração de Santo Estêvão inclui uma petição para poder ingressar no sacerdócio e episcopado.

Diaconisas do primeiro século são comparáveis a ajudantes sociais e administrativas em uma paróquia.

Fotografia: © Episcopal Diocese of Southwest Florida CC BY, #newsEqgevtkdth
cristine
As Mulheres sao sinónimos para Intrigas, calunias e inúmeros atos de maldade.
"Quem nao te conhece que te compre"; como diz o ditado.
cristine
Horror! Frauen sind synomim für Intrigen, Verleumdung und vielem böse Taten!!!