Cliques71
pt.news

Silenciando? "Vítima de abuso" contra sua vontade - padre condenado a 20 anos

O padre Robin Vadakkumchery, de 50 anos, teve sua sentença proferida em 17 de fevereiro, em Thalassery - Kerala - Índia, condenando-o a 20 anos de prisão rigorosa por estuprar e engravidar uma garota de 16 anos.

Vadakkumchery era administrador da escola católica Kannur, onde a garota estudava.

Ele foi condenado embora a garota quisesse esposá-lo. Ela disse à polícia que o caso era consensual e que ela era uma adulta no momento. O pai dela até mesmo declarou ter estuprado a própria filha. Ambos os pais fizeram de tudo para proteger a sua filha e o sacerdote.

Foi uma agência do governo que começou a indagar após o recebimento de uma carta anônima. Nenhuma das testemunhas estava disposta a falar.

O veredito foi baseado em um relatório do hospital onde a mãe deu à luz o bebe em fevereiro de 2017.

#newsHrtloaappt