Clicks84
pt.news

Documento que acusa de homossexualidade o secretário particular de Francisco é falso

Em 20 de agosto, um usuário do Twitter com o nome de "Diacono Jorge Sonnante" publicou um documento de quatro páginas supostamente escrito em 2013 como "conselheiro" da secretaria de Estado do Vaticano.

O documento que circulou amplamente nas mídias sociais, acusa o secretário particular do Papa Francisco, Fabián Pedacchio, de estar registrado em três páginas de encontros homossexuais.

Mas o documento de 2013 de Sonnante usa uma foto de Pedacchio tirada da Wikipedia, a qual provém de um vídeo do Vatican Media que foi gravado somente em 2016.

A história de Sonnante convencera o público porque Papa Francisco tem uma história de promover prelados gays ou pró-gays.

#newsIqlstwgwdh