Idioma
Cliques
131
pt.news

Francisco Mata o “Instituto Sobre o Matrimônio e a Família”

O Romano Pontifício Instituto para os Estudos sobre o Matrimônio e a Família, fundado por João Paulo II para defender a indissolubilidade do casamento cristão e combater o aborto, foi abolido em sua forma atual por Papa Francisco através de um recente Motu Proprio. Agora o instituto será chamado de “Pontifício Instituto Teológico João Paulo II para as Ciências do Matrimônio e da Família". O instituto despertou a ira de Francisco por defender a doutrina católica durante o Sínodo da Família, embora o instituto ele tenha excluído da obra do Sínodo.

Agora, Francisco deseja que o instituto propague seu controverso documento, Amoris Laetitia, que relativiza a indissolubilidade do casamento cristão. Isso também é amplamente considerado uma afronta a João Paulo II.

Com uma formulação turva, o motu proprio, de fato, descarta a doutrina católica e a atividade pastoral como “formas e modelos do passado”, um truque comum para evitar a posição do adversário sem enfrentar argumentos.

O motu proprio, que foi divulgado em 19 setembro, leva a data de 8 de setembro. Isto é, dois dias depois da morte do cardeal das Dubia, Carlo Caffarra, o presidente fundador do Instituto, que foi um crítico perspicaz de Amoris Laetitia.

Com essa mudança, Francisco aprofunda o cisma de Amoris Laetitia na Igreja Católica.

#newsXzzkidcyff
pt.news mencionou esta publicação em Cardeal Scola explica a Francisco que os divorciados que se casam novamente não podem receber a ….