Clicks62
pt.news

Mistério revelado: por que bispo auxiliar renunciou logo após nomeação

Um promotor público em Roma indiciou o padre capuchinho Giovanni Salonia, de 71 anos, um psicoterapeuta muito apreciado nos círculos liberais da Igreja italiana.

Salonia é acusado de ter "forçado" uma freira durante as sessões psico-terapêuticas entre 2009 e 2013 a realizar e se submeter a atos sexuais, segundo afirma Il Messaggero (7 de julho).

Em fevereiro de 2017, o Papa Francisco nomeou Salonia como bispo auxiliar do arcebispo de Palermo, Corrado Lorefice, uma nomeação liberal de Francisco, que entrou na catedral de Palermo em uma bicicleta.

Mas dois meses depois, antes de ser consagrado, Salonia renunciou em circunstâncias misteriosas.

Ele proclama sua inocência.

#newsMtjklizkiw