Clicks56
pt.news

Francisco Yes-Men quer que bispos "não se rodeiem com Yes-Men"

O Papa Francisco discursou, em 12 de setembro, no Vaticano, para bispos recentemente consagrados.

Ele repetiu a eles os seus usuais chavões, como "ternura", "proximidade das pessoas", "autorreferência", "sujar as próprias mãos". proximidade com "o pobre" ou prontidão para "se lamentar".

Quanto à "ternura", o próprio Francisco é conhecido por sua administração brutal. Ele tem pouco uso para católicos simples que ainda acreditam em Deus, mas quer agradar os poderosos jornalistas-oligarcas.

Ele então convidou os bispos a serem homens que sabem como escutar as coisas de que eles podem não gostar, e os advertiu a não se rodearem de "yes-men" [homens do sim].

Isso também está em contraste gritante com o comportamento pessoal de Francisco: Ele rapidamente se enfurece quando contradito, e e eliminou do Vaticano todo mundo que não é um cortesão e yes-men.

A melhor piada Francisco reservou para o final: "O sacerdote é o vizinho mais próximo do bispo", disse ele. "Abrace-os e agradeça-os em meu nome".

Não é mistério nenhum que, na Igreja real, o bispo é o primeiro e mais perigoso inimigo de seus padres.

#newsQxosjdugny