Idioma
Cliques
76
pt.news

Abusos assombram agora na Alemanha

O site oligarca Spiegel.de divulgou um estudo sobre abusos sexuais em nome dos bispos alemães.

O estudo mostra que em quase 70 anos (de 1946 a 2014) houve, em 27 dioceses alemãs, 3.677 supostos casos de abusos envolvendo 1.670 supostos perpetradores. Mais de 80% desses casos não eram de natureza grave.

Apenas cerca de 600 casos, na sua maioria não confirmados, foram supostamente de natureza mais grave. Isso é menos de 9 casos por ano, distribuídos em 27 dioceses que em todos esses anos tiveram 100.000 colaboradores.

O estudo foi realizado por um consórcio de pesquisa de várias universidades.

A ala pró-gay dos bispos tenta usar os abusos que ocorreram, principalmente sob sua supervisão, para abolir o celibato e legitimar a fornicação homossexual.

Fotografia: Reinhard Marx, © Maik Meid, CC BY-SA, #newsQgujlmvhsb

Escreva um comentário