Cliques51
pt.news

Bispo Schneider: homens brancos querem abolir o celibato - não as pessoas da Amazônia

A "escassez de padres" é um "pretexto óbvio" para abolir o celibato sacerdotal, disse o bispo Athanasius Schneider a LifeSiteNews.com (7 de março).

Falando sobre o Sínodo Pan-Amazônico que está por acontecer, ele ressalta que eliminar o celibato tem sido um objetivo desde Lutero: "Dentre os inimigos da Igreja e das seitas, o primeiro passo sempre é abolir o celibato".

Ele nota que celibato sacerdotal é "a última fortaleza" a ser abolida na Igreja.

Em relação aos locais no Brasil - Schneider viveu por anos no país - ele até disse que são "pessoas muito piedosas", que "nunca pensariam em cleros casados".

Schneider explica que a ideia de abolir o celibato não tem origem nos índios, mas nos brancos.

Fotografia: Athanasius Schneider, © Joseph Shaw, CC BY-NC-SA, #newsIgglzucocy