Idioma
Cliques
54
pt.news

Francisco foi contra a resposta de Ouellet: preferia o "silêncio"

Robert Mickens - que em 2014 chamou Bento XVI de "rato" - refutou a ideia de que o Papa Francisco encorajou o cardeal Ouellet a escrever sua carta aberta contra o arcebispo Viganò, acusando-o de ser "falso", "implausível", "incompreensível", "repugnante", com a intenção de "ferir" Francisco.

Mickens escreve em La-Croix.com (12 de outubro) que ele soube por "diferentes fontes" que Francisco não era a favor da ideia de responder a Viganò.

E: "Foram necessários alguns esforços para convencer o Papa, que então concordou com descontentamento com a publicação da carta de Ouellet".

De acordo com Mickens, isso também seria "mais consistente" com a maneira com que Francisco "[não] respondeu" a Viganò [ou aos cardeais das Dubia] até agora.

Fotografia: Marc Ouellet, © Mazur/catholicnews.org.uk CC BY-NC-SA, #newsNiepfvuxqb
Escreva um comentário