Idioma
Cliques
76
pt.news 1

Suspensão do cardeal McCarrick está "cada vez mais perto"

O órgão de imprensa semioficial, IlSismografo.Blogspot.com (24 de novembro), definiu o testemunho de James Grein, de 61 anos, uma suposta vítima de abuso por parte do cardeal Theodore McCarrick, de 88 anos, como um "golpe" contra o ex-arcebispo de Washington.

Grein afirma ter sido abusado de 1969 a 1987. Se isso for verdade, os abusos começaram quando Grein tinha 11 anos, mas Grein posteriormente manteve um relacionamento homossexual com McCarrick até os 29 anos de idade. Em 1987, McCarrick era o arcebispo de Newark.

O advogado de Grein, Pat Noaker, assiste também uma suposta vítima de McCarrick cujo nome nunca foi divulgado publicamente, e que tinha 16 anos no momento dos abusos. De acordo com IlSismografo, esse caso resultou na remoção do cardinalato de McCarrick.

Como os supostos abusos de Grein tiveram início quando ele tinha 11 anos de idade, IlSismografo espera que o Papa Francisco aja "mais severamente" quando receber a documentação de Grein.

"Severidade" é em forte contradição com a ideologia de misericórdia de Francisco, a qual ele utiliza para promover pecados politicamente corretos. Essa ideologia também é aplicada para tolerar abusos [homo]sexuais em um período em que a mesma mídia que agora está horrorizada justificava abusos como a última façanha da revolução sexual.

Fotografia: Theodore McCarrick, © World Economic Forum, CC BY-SA, #newsIhagmniumj

pt.news mencionou esta publicação em Reuters sabe: McCarrick será demitido do sacerdócio na próxima semana.