pt.news
373

Método anglicano: Francisco se dirige ao abismo

Caminante-Wanderer.Blogspot.com (15 de agosto) revela paralelos entre o colapso dos anglicanos e do Grupo Novus Ordo de Francisco.

• Em 1841, um bispado anglicano/luterano/calvinista comum foi estabelecido em Jerusalém, causando grande escândalo, levando John Henry Newman a se converter.

• Em 1847, o reverendo Gorham foi nomeado para a paróquia de Bramford Speke, embora negasse que o batismo confere graça santificante. Isso fez com que Henry Manning, Robert Wilberforce e James Hope, membro da Câmara dos Lordes, se convertessem.

• Em 1913, as dioceses Anglicanas de Mombaça e Uganda concelebraram com os protestantes em Kikuyo. Isso fez com que Ronald Knox, um padre anglicano, se convertesse.

• Em 1947, o bispo anglicano de Birmingham, Ernest Barnes, questionou a virgindade de Maria, a ressurreição de Jesus e promoveu o controle da natalidade. O padre escocês Onich MacFarlene-Barrow, que mais tarde se tornou católico, perguntou se é possível estar em comunhão com um bispo blasfemo.

• Caminante percebe que o grupo Novus Ordo de hoje é atualmente o que os anglicanos eram há 100 anos: homossexualismo (Francisco), negação da virgindade de Nossa Senhora e da ressurreição de Cristo, Comunhão Protestante (Francisco).

• Os anglicanos de hoje são uma estrutura vazia, mantida pelo Estado com função decorativa, fé vazia e templos vazios – a Igreja Católica será igual.

Fotografia: © Mazur/catholicnews.org.uk , CC BY-NC-ND, #newsWscdqokyvd