Clicks108
pt.news

Lutero está de volta ao "asno papal"

Francisco deu as boas-vindas aos luteranos alemães em 25 de outubro em uma "peregrinação ecumênica" a Roma. Seu lema inútil era “Com Lutero ao Papa” - já que a estátua de Lutero já está no Vaticano.

Francisco chegou quase 45 minutos atrasado para a audiência. Depois de outubro de 2016, esta foi a segunda vez que o grupo veio a Roma. Mais uma vez, a estátua de Lutero de Francisco foi colocada no Salão de Audiências. Além disso, uma grande imagem de Lutero era visível ao lado de uma imagem menor de Francisco.

Lutero afirmou que o "diabo fundou o papado" e que o diabo trabalha por meio do papa e da Sé Romana: "Quem quiser ouvir Deus falar, leia as Sagradas Escrituras; quem quiser ouvir o diabo falar, leia os decretos e as bulas do Papa".

Ele disse que o Papa "mente, blasfema, amaldiçoa e se enfurece conforme o Satanás infernal o dirige", ensina "nada além de idolatria vã", ruge "como se possuído e cheio de demônios", e "trai e corrompe" a Igreja Cristã.

Para Lutero, o papa era um "asno papal [= burro]", um "monstro maldito e tremendo em Roma", a Igreja Romana uma "escola para meninos, igreja de prostitutas e hermafroditas" e "a sopa básica do diabo", e a cúria papal um "regimento de mulas". Francisco agora colocou essa "fonte de sabedoria" em um pedestal.

#newsKfshidhcxu