Clicks67
pt.news

Após coronavírus: alarmistas de abuso infantil tentam reconquistar quotas de mercado

Por causa do coronavírus, o risco de abuso infantil – supostamente – aumentou, alertou o padre Hans Zollner S.J., membro da Pontifícia Comissão para a Proteção de Menores.

Conversando com VaticanNews.va (29 de maio), ele disse que durante o confinamento, até o número de "fraturas ósseas sofridas por crianças" aumentou significativamente.

Nos países de língua inglesa, onde a curva do abuso infantil é particularmente excessiva, "a conscientização sobre o abuso infantil diminuiu", alertou Zollner. Com isso, ele dá a entender que as crianças estão mais seguras fora de suas famílias do que dentro delas.

Para salvar as crianças, ele vê a necessidade de treinar pessoas no campo da salvaguarda.

Esta é uma propaganda finamente velada do Centro Romano de Proteção à Criança, que se envolve nesse treinamento e do qual Zollner é o presidente.

Fotografia: Hans Zollner, © wikicommons, CC BY-SA, #newsPzpzactfnz