Clicks150
pt.news

Arquidiocese impõe pronomes masculinos para meninas

A Arquidiocese de Baltimore ordenou que os professores da Escola da Encarnação em Maryland usassem pronomes masculinos para uma menina da terceira série que tem a ilusão de ser um "homem".

De acordo com ChurchMilitant.com (22 de setembro), os professores estão ameaçados de demissão se continuarem a seguir o bom senso. A menina é filha do assistente do diretor da escola.

O arcebispo de Baltimore, William Lori, tem uma reputação pró-gay. Ele contratou o ativista gay Howard Ross como "consultor". A Paróquia de São Mateus de Baltimore participa de marchas homossexuais.

Fotografia: William Lori, #newsMjczfgvxlb