Join Gloria’s Christmas Campaign. Donate now!
Clicks5.1K

Santuário Nossa Senhora de Guadalupe (México)

h2onews.org
Falar de Nossa Senhora de Guadalupe quer dizer falar de esperança, porque a mensagem da Virgem a cada um de nós é: "Não tema nada, meu filho. Eu não estou aqui, que sou sua mãe? Não está sob a minha …More
Falar de Nossa Senhora de Guadalupe quer dizer falar de esperança, porque a mensagem da Virgem a cada um de nós é: "Não tema nada, meu filho. Eu não estou aqui, que sou sua mãe? Não está sob a minha sombra e proteção? Não sou eu a fonte da sua alegria?” (verso 119 Nican Mopohua).
A Virgem de Guadalupe quis manifestar-se à humanidade através de um pobre índio, Juan Diego Cuahtlatoatzin, canonizado pelo Papa João Paulo II em 31 de julho de 2002.
Conhecida com o nome de "La Morenita", apareceu em dezembro de 1531 a São Juan Diego na colina de Tepeyac, no centro do México. Um evento que foi comprovado não somente pela tradição popular, mas também por um documento histórico escrito em nahua, a língua azteca, e intitulado "Nican Mopohua".
No "Nican Mopohua", que significa “Aqui se narra”, são descritas as cinco aparições da Nossa Senhora de Guadalupe a São Juan Diego e a imagem milagrosa impressa sobre seu manto, de tipo muito rudimentar, com fibras de agave.

Em uma das aparições, a Virgem pediu a Juan Diego que fosse até o bispo de Cidade do México, Juan de Zumárraga, e lhe pedisse que construísse uma capela em sua homenagem no alto da colina. O bispo, cético, invocou do Céu um sinal como garantia da veracidade do pedido feito por Maria ao seu humilde mensageiro.
A seguir, Juan Diego reviu a beata Virgem e lhe referiu as palavras do bispo. Ela então disse: "Tudo bem, volte aqui amanhã para levar ao bispo o sinal que lhe pediu”. A Virgem pediu a Juan Diego que subisse no alto da colina de Tepeyac para colher flores e levar ao bispo.
Era o dia 11 de dezembro, em pleno inverno. E Tepeyac, nas proximidades de Cidade do México, se encontra a 2500 metros de altitude. Todavia, lá onde não havia nada além de cactos e espinhos, Juan Diego descobriu magníficas flores da Castilha, em especial rosas que brilham. Ele então colheu algumas flores e as escondeu no seu poncho antes de descer para ir encontrar a Virgem.
Nossa Senhora tomou as flores, as colocou na túnica de Juan Diego e lhe disse: "Meu filho, essas flores diferentes são a prova, o sinal que levará ao bispo”.
O índio então volta ao Palácio do bispo. E lá conta que Nossa Senhora pediu que fosse colher flores para fornecer-lhe o sinal por ele invocado. Mas quando abre o manto, as flores caem e sobre a túnica aparece impresso o retrato de Nossa Senhora. Ela está com as mãos unidas, os olhos reclinados, e está revestida por um véu constelado de 46 estrelas de ouro. Está grávida e tem uma face muito doce e radiosa; um olhar de uma ternura e de uma pureza tão humanas e, ao mesmo tempo, tão sobrenaturais, que o bispo e as pessoas a seu redor, impressionados, se ajoelham imediatamente. Mons. de Zumárraga pede então perdão a Nossa Senhora por não ter compreendido na hora a sua vontade e pede imediatamente a construção do santuário que acolherá o retrato de Nossa Senhora de Guadalupe.
A imagem impressa sobre o pancho de Juan Diego se mantém preservada inexplicavelmente no seu estado originário, há mais de 470 anos, …