Clicks188
pt.news

Presidiários - conhecidos por odiar infratores pedófilos - aplaudiram com entusiasmo

O cardeal George Pell descobriu sua absolvição enquanto assistia ao noticiário de televisão sozinho na sua cela da prisão, disse ele a CatholicNewsAgency.com (7 de abril):

"Eu ouvi uma grande alegria de algum lugar dentro da prisão e, em seguida, os outros três detentos perto de mim deixaram claro que estavam felizes por mim."

Após sua libertação, Pell desfrutou de um bife como sua primeira refeição "em liberdade" após 400 dias de prisão, no meio da Semana Santa.

"O que realmente espero é celebrar uma missa privada", disse ele.

Ele chamou a prisão de "longo retiro" e um tempo para reflexão, escrita e, acima de tudo, oração.

Fotografia: George Pell, © Mazur, CC BY-NC-SA, #newsIbymqwazgm