Clicks68

O Big Brother quer que fiquemos em casa

Esta é uma tradução automática. Se você entende espanhol, aconselho a ler o artigo original:

Big Brother quiere que nos quedemos en casa

Fique em casa, deixamos você sem trabalho e falimos com sua empresa, aquela que levou muitos anos para criar.

Fique em casa, decidimos para você a que horas você pode sair e em que condições.

Fique em casa, mesmo se você não tiver dinheiro para comprar comida.

Fique em casa, mesmo que sua mãe tenha alguns anos de vida e precise de você.

Fique em casa e não veja seus netos pelas dúvidas de que eles podem infectá-lo.

Fique em casa, mas continue pagando impostos, mesmo que não gere renda.

Fique em casa enquanto libertamos os prisioneiros.

Fique em casa enquanto destruímos a economia.

Fique em casa, porque, se você sair, corre o risco de morrer de gripe com 0,0006% de mortalidade.

Fique em casa, para que possamos executar nosso plano sem protestos.

Fique em casa, para que possamos controlá-lo melhor com nossos dispositivos aéreos e digitais.

Fique em casa para que possamos continuar nossa agenda global sem interferência.

Fique em casa, oferecemos entretenimento virtual para que você não se faça perguntas sobre o "novo normal".

Fique em casa, estamos trabalhando duro para garantir que você seja removido ainda mais de seus laços todos os dias.

Fique em casa e tome cuidado com o que faz, porque seus vizinhos também atuam como policiais.

Fique em casa, não se exponha à luz solar ou a germes, por isso acabamos enfraquecendo seu sistema imunológico.

Fique em casa, falando ao telefone, postando no Facebook ou navegando na Internet, enquanto ouvimos suas chamadas, analisamos suas opiniões e anotamos seu comportamento on-line.

Fique em casa, sem acesso a médicos, dentistas ou hospitais, pois decretamos que, se você não possui coronavírus, não merece receber assistência médica. E se você morrer, como talvez você seja um portador assintomático, nós o usaremos para aumentar um pouco nossas estatísticas.

Fique em casa, mas quando sair, você precisará usar uma máscara, o "focinho" que o protege e impede que você respire e fale normalmente, projetado para gerar separação, isolamento e desconfiança, não imunidade.

Fique em casa, fique longe de tudo que o torna humano, para se tornar mais frágil física, emocional e psiquicamente, e assim será mais fácil se manipular.

Fique em casa, por isso estamos estudando seu comportamento quando isso se torna a regra do "novo normal" que decidimos impor a você.

Fique em casa e seja obediente. Quando Castro, Mao ou Lenin deram ordens, as pessoas os seguiram sem dizer uma palavra. Eles exerceram coerção física - bala no pescoço ou gulag. Mas para nós basta com seu comportamento passivo e gregário, com sua falta de espírito crítico e com o medo de que nossos meios de desinformação em massa os inoculem diariamente. Porque o medo é o verdadeiro vírus, caso você ainda não tenha notado.

Fique em casa, assistindo TV. Não lute para exercer seus direitos ou para que suas liberdades pessoais sejam respeitadas. Queremos que você seja dócil e mentalmente formatado. O que precisamos é de cidadãos autômatos, não autônomos, para que não se atrevam a questionar nossas medidas coercitivas.

Fique em casa, sem remuneração, sem férias, sem viagens, sem futuro, sem escola, mas com a Netflix.

Fique em casa, enquanto continuamos a implementar um regime totalitário, graças à sua passividade, indiferença e ignorância.

Fique em casa. Repita essa mensagem mil vezes e peça à sua para repeti-la também. Porque, ao dizer tanto, você acabará acreditando. Não por dois meses ou um ano, mas pelo resto de sua existência.

Bem-vindo ao "novo normal" que o Big Brother está criando para você e sua família pelo resto da vida. E a partir de agora, agradecemos infinitamente por sua colaboração, sem a qual isso não seria possível.

Texto cujo autor eu não conheço e que decidi publicar depois de fazer algumas correções e modificações.

Parece-me que chegou a hora de abrir os olhos e entender que há mais de dois meses estamos sujeitos a uma gigantesca manipulação mental e emocional, somos vítimas de uma enorme operação de engenharia social, sem precedentes na história da humanidade para seu escopo geográfico, realizado com o objetivo de estabelecer, a curto ou médio prazo, um governo totalitário em escala planetária e que essa falsa pandemia é o pretexto ideal para atingir esse objetivo. Não estou dizendo que o vírus é fictício - de origem natural ou não, não sei - ou que não reivindicou vítimas, ou que não é necessário tomar precauções sanitárias básicas, mas que não estamos diante de figuras pandêmicas, e também essas figuras são distorcidas, para sustentar o discurso oficial.

O Vaticano promove apostasia e uma religião global

www.amazon.fr/Boutique-Kindle-Miles-Christi/s

saint-remi.fr/fr/35-livres