Clicks228
pt.news

Francisco compara barrete com penas barbáries

Falando ao seu Sínodo Pan-Amazônico (7 de outubro), Francisco chamou de "ofensivo" opor a civilização à barbárie.

Ele expressou seu aborrecimento com um comentário brincalhão sobre um homem que, no domingo passado, levou oferendas Eucarísticas com penas na cabeça:

"Qual a diferença de ter penas na cabeça como um cocar, ou um barrete que é usado pelos oficiais nos nossos dicastérios [do Vaticano]?", perguntou ele.

[A resposta: O barrete é removido para a liturgia, e Francisco despreza isso.

Além do mais, as penas dos nativos sul-americanos simbolizam uma conexão pagã com o céu. Os índios norte-americanos podem vestir penas como recompensa por bravura na batalha].

#newsVhmzmttmys