pt.news
121

Um herói não celebrado: R.I.P. Padre Pierre Epiney

Padre Pierre Epiney de Riddes, Suíça, amigo do arcebispo Marcel Lefebvre, faleceu no dia 15 de janeiro por volta das 7h.

Foi em Ecône – uma aldeia pertencente a Riddes – que o arcebispo Lefebvre fundou seu seminário. Epiney foi fundamental para que isso acontecesse. O bispo de Sion, Nestor Adam (+1990), aprovou.

Adam havia ordenado Epiney sacerdote em 1961. De espírito livre e jovem, Epiney rapidamente percebeu que as coisas deram errado depois do Vaticano II. Quando em 1967 foi nomeado pároco de Riddes, cidade pouco conhecida por sua fé, recusou-se a introduzir o Novus Ordo. Portanto, o Bispo Adam (+1990) começou a persegui-lo.

O jovem padre foi forçado a construir sua própria igreja em Riddes, à qual anexou um asilo para idosos. Sua ruptura com a Fraternidade Sacerdotal de São Pio X veio quando ele se opôs às tentativas de se aliar a Roma.

Epiney estava doente há muito tempo. A Covid acelerou seu fim. Ele estava ligado a oxigênio e soro há vários dias, e morreu em seu presbitério.

Para o 25º aniversário do sacerdócio de Epiney, o arcebispo Lefebvre disse em uma homilia: “Graças a você, querido padre, o [cantão de] Valais ainda é católico”. Requiescat in pace.

#newsOmkseqqqdt