pt.news
104

Outro favorito de Francisco está em apuros

O bispo auxiliar de Santiago (Chile), Cristián Roncagliolo, de 52 anos, anunciou que partiu para a Espanha no dia 5 de maio para iniciar uma recuperação por alguns meses.

Roncagliolo foi o vigário geral do cardeal anticatólico Aós, de 77 anos. Um padre disse a LaTercera.com (12 de maio) que acompanhou uma denunciante em 2019 que apresentou acusações contra Roncagliolo e outros padres por “atos de natureza sexual". Roncagliolo negou que esses supostos eventos tenham ocorrido. Em 2020, outra reclamação foi recebida. Ambas as queixas eram provavelmente falsas.

Há alguns anos, Roncagliolo sofria de câncer. Em seu anúncio, ele disse que estava passando por uma "cura espiritual, psicológica e física" e que estava sofrendo de "uma crescente labilidade de caráter, insônia, perda de memória e decadência". Em fevereiro de 2022, sintomas de burnout apareceram.

Em maio de 2007, Roncagliolo participou da V Conferência Episcopal da América Latina em Aparecida, onde trabalhou em estreita colaboração com o Cardeal Bergoglio, que teve um papel de destaque na conferência.

#newsZysyrgvpbp