Join Gloria’s Christmas Campaign. Donate now!
Clicks135
pt.news

Novo livro-entrevista: Francisco vende um homem de palha

No livro-entrevista "Without Him We Can Do Nothing" ("Sem Ele não podemos fazer nada", 5 de novembro), Francisco ataca grupos que "discriminam" outras culturas e as vêem como "indignas" de receber o Evangelho.

De acordo com Francisco, há proclamadores do Evangelho que se apresentam como iluminados e dividem o mundo entre "civilizados" e "bárbaros".

"Eles consideram grande parte da família humana como uma entidade de classe baixa, incapaz de alcançar níveis decentes na vida espiritual e intelectual".

Assim, "o desprezo pode desenvolver para pessoas consideradas de segunda classe", alertou ele: "tudo isso também emergiu durante o Sínodo dos bispos para a Amazônia".

Falando a ReligionNews.com (5 de novembro), Gianni Valente, um jornalista da corte de Francisco que produziu a entrevista, chamou polemicamente o livro de "uma resposta a todas as pessoas de mente fechada ou estreita que testemunhamos" durante o Sínodo.

Entretanto, sob um ponto de vista lógico, as alegações de Francisco constituem uma falácia chamada "homem de palha"

Ela dá a impressão de refutar o argumento de um oponente, enquanto que refuta um argumento que nunca foi apresentado. Tal truque é usado quando derrotar um "inimigo" tem mais valor do que entender um argumento.

Fotografia: © Mazur, CC BY-SA, #newsPczrnjsgzo