pt.news
211

Para o Vaticano, o problema é... o cardeal Zen

O secretário de Estado Pietro Parolin não quer ver a prisão do cardeal Zen como “uma negação” do acordo secreto entre o Vaticano e a China.

Parolin - um inimigo de Zen - garantiu seu apoio ("vicinanza"), mas menosprezou sua prisão dizendo que Zen "foi libertado e bem tratado".

Mais do que Zen, Parolin se preocupa com as implicações políticas expressando sua esperança de que “iniciativas como esta não compliquem o já complexo e não simples caminho do diálogo entre a Santa Sé e a Igreja na China”.

Zen é um crítico ferrenho das relações de Parolin com a China. É claro que o Vaticano considera Zen um encrenqueiro. Quando Zen esteve pela última vez em Roma, Francisco se recusou a recebê-lo.

Fotografia: Joseph Zen, Pietro Parolin © Mazur, CC BY-NC-SA, #newsPhvhxyneto