Clicks92
pt.news

Cardeal defende missa em latim contra a cruzada de Francisco

O cardeal Joseph Zen de Hong Kong, de 89 anos, está preocupado com as possíveis restrições que Francisco pode impor à Missa Tradicional em Latim.

Em seu blog OldYosef.hkdavc.com (12 de junho), ele faz questão de enfatizar que "claramente não é considerado um extremista" do Rito Romano e que trabalhou ativamente para o Novus Ordo como sacerdote e bispo.

No entanto, Zen não pode negar o bem que veio do Motu Proprio Summorum Pontificum. Por meio do Rito Romano, muitos jovens de Hong Kong "redescobriram o sentido de adoração e reverência que devemos a Deus, nosso Criador".

Zen escreve que “não pode esquecer” a Missa de sua infância. Em Xangai, seu pai o levava à missa todos os dias e a cinco missas aos domingos [embora fosse impossível para um menino contemporâneo suportar a verborragia de cinco serviços do Novus Ordo em uma sequência].

Quando menino, Zen sentiu a profunda reverência do Rito Romano e ficou fascinado com a beleza do canto gregoriano. Essa experiência tem alimentado a sua vocação ao sacerdócio, “como no caso de tantos outros”.

Fotografia: Joseph Zen, © Etan Liam, CC BY-ND, #newsCmusxlymit