Clicks184
pt.news

Vaticanista: O Deus de Francisco é uma "caricatura"

Roma está sem papa, porque Francisco “não cumpre seu dever como sucessor de Pedro”, afirmou o vaticanista Aldo Maria Valli em RadioRomaLibera.org em 2 de fevereiro.

Bergoglio rebaixou o cargo papal, colocou sua própria pessoa em primeiro plano e tornou-se capelão das Nações Unidas, explica Valli.

Ele analisa que Francisco não fala sobre o Deus da Bíblia, mas sobre uma caricatura, um deus adaptado ao "homem e sua exigência de ser considerado justificado enquanto vive como se o pecado não existisse".

Para Valli, a perspectiva teológica de Bergoglio é desviada, pois o deus de Francisco "não é aquele que perdoa, mas sim aquele que remove toda a culpa", que se abstém de comandar e prefere entender e desculpar. Este deus não é um juiz, mas apenas "proximidade". Francisco fala da "fragilidade" humana, não do pecado. Na visão de Bergoglio, Deus tem o dever de perdoar, e os homens o direito de serem perdoados.

Valli pergunta se esse deus é Satanás, que empurra para a condenação e nega que os pecados e vícios com que nos tenta podem matar nossa alma.

Fotografia: Aldo Maria Valli © AldoMariaValli.it, #newsGiecvcmffx