Clicks44
pt.news

Cardeal pró-gay: "LGBT" estará no documento final

O cardeal de Manila, Luis Antonio Tagle, disse, durante a coletiva de imprensa do Sínodo para a Juventude do dia 23 de outubro, que a abordagem da Igreja para o que ele se referiu como comunidade-LGBT surgiu "muitas vezes", foi "bastante" discutida no Sínodo e deve ser de "boas-vindas".

"Boas-vindas" é uma palavra usada pelos lobistas homossexuais para insinuar que chamar os homossexuais à conversão "não é dar as boas-vindas".

Tagle disse que seu palpite é que a palavra-propagandística "LGBT" estará no documento final do Sínodo.

Felizmente, os jornalistas na coletiva de imprensa eram mais iluminados do que os cardeais que divagavam no painel.

Um jornalista recordou Padre Antonio Spadaro, que fez apelo por uma "Igreja mais Sinodal" que, na era patrística, os sínodos diocesanos em Roma eram um "caos", acrescentando: "Literalmente matavam uns aos outros".

Edward Pentin advertiu que o ensinamento moral da Igreja está quase totalmente ausente nos relatórios dos pequenos grupos do Sínodo.

Fotografia: © Mazur/catholicnews.org.uk CC BY-NC-SA, #newsGhvojweptq