Clicks220
pt.news

Vaticano da Covid: vacine-se ou saia

O secretário de Estado do Vaticano, Parolin, emitiu um decreto de 28 de setembro (abaixo) confirmando a necessidade de um green pass de vacinação obrigatório para funcionários da Cúria Romana, contratados externos e visitantes.

Assim, todos os que entram no Vaticano precisam de uma vacinação que é gratuita, ou de um teste negativo de Covid-19 caro, que deve ser pago pelo funcionário.

Em casos raros, isenções médicas são possíveis; sem surpresa, isenções por motivos religiosos não são consideradas.

Funcionários do Vaticano sem uma certificação quanto à Covid-19 não podem entrar em seu local de trabalho, e isso será considerado uma ausência injustificada. A "vacinação" não protege contra uma infecção nem contra a propagação da infecção.

Fotografia: Pietro Parolin, © Mazur, CC BY-NC-SA, #newsZnevmdzhmd