Clicks196
pt.news

Mais um estado australiano transforma em crime ouvir confissões

Cada vez mais os estados federais australianos transformam ouvir confissões em um crime potencial.

Queensland aprovou uma lei em 8 de setembro, ameaçando os padres com três anos de prisão se eles não denunciarem à polícia supostos abusos sexuais de que tenham ouvido falar durante a confissão.

South Australia, Victoria, Tasmania e Australian Capital Territory já promulgaram leis de ódio semelhantes.

O bispo de Townsville, Tim Harris, disse (Twitter.com, 8 de setembro) que os padres católicos nunca quebrarão o sigilo da confissão.

Muitos bispos e padres declararam publicamente que preferem ir para a prisão do que obedecer a essas leis injustas.

Fotografia: © Mazur, CC BY-NC-SA, #newsMayifmhwin