Clicks96
pt.news

Arquidiocese de Colônia: “NADA muda no pão” - na Eucaristia do Novus Ordo

O diácono Tobias Wiegelmann - afinal, chefe do departamento de "Catequese" do Ordinariado da Arquidiocese de Colônia, Alemanha - nega no jornal diocesano que na Eucaristia do Novus Ordo ocorra a transubstanciação e, além disso, defende o panteísmo.

O panteísmo acredita que criador e criatura são iguais. Questionado por um repórter infantil como "Jesus pode estar no pão", Wiegelmann responde que isso soa como "mágica". Ele explica essa "mágica" assim: "Nós temos um pão assim e então dizemos um feitiço e conjuramos algo e, daí, Jesus entra nele". Triunfante, ele acrescenta: "Claro, não é isso que significa". No entanto, esse relato revela o reducionismo litúrgico da ideologia do Novus Ordo.

A solução panteísta de Wiegelmann é que Deus "já está em tudo de qualquer maneira, na natureza, em nossa criação, em tudo o que vemos". Se isso fosse verdade, o imposto da igreja alemã deveria ser pago ao zoológico ou ao clube alpino.

Para Wiegelmann, a hóstia consagrada é apenas uma possibilidade entre muitas de rastrear seu "Deus". Ele explica: “Na verdade, posso descobrir Deus por toda parte e neste pão me dou conta particularmente desse fato. É por isso que dizemos: 'Este é o corpo de Cristo'. Basicamente, algo muda em nós, e não no pão".

Em outras palavras: para Wiegelmann, a Eucaristia do Novus Ordo é uma presunção. Em sua vida privada, Wiegelmann pratica arco e flecha. Ele deveria se concentrar nisso e deixar a teologia para outros.

#newsSotwlgaaje