Clicks144
pt.news

Haiti: Gás lacrimogêneo durante a missa?

A “Missa pela Liberdade do Haiti” em Porto Príncipe, da qual participaram onze bispos, “terminou a quinta-feira em gás lacrimogêneo, tiros e caos”, afirmou o MiamiHerald.com (15 de abril).

O jornal dos oligarcas errou na maioria dos fatos. O nome da Eucaristia era “Messe pour la liberation d'Haiti” (Messe pela libertação do Haiti).

Não apenas terminou em caos, mas começou como um comício político caótico com pessoas gritando freneticamente dentro da Igreja Saint-Pierre em Pétion-Ville: “Estamos fartos” segurando faixas políticas. Quando o hino de entrada começou, ninguém prestou atenção.

A Eucaristia foi organizada como uma resposta, quatro dias depois que cinco padres, duas freiras e três parentes de um padre foram sequestrados com pedido de resgate.

O MiamiHerald.com afirma que quando o serviço de duas horas [na realidade: 1h40] terminou, a polícia lançou gás lacrimogêneo e as pessoas quase morreram asfixiadas lá dentro.

Segundo lefacteurhaiti.com (15 de abril), a polícia usou gás lacrimogêneo para dispersar um grupo de manifestantes que, após a Eucaristia, incendiou um carro do governo perto da igreja de Saint-Pierre.

#newsWbfyozwlwo