Clicks134
pt.news

Viganò sobre estertor de morte da Igreja

A destruição do pouco que ainda é católico pelos bispos e padres marca a descida da Igreja para a tumba, escreve o arcebispo Viganò em AldoMariaValli.it (14 de julho).

Ele explica que Deus quer que a Igreja imite Cristo em tudo, até na sua paixão. Portanto, seu terrível estertor de morte é, para Viganò, a premissa necessária de sua ressurreição, porque com isso, a “Redenção é completada”.

Participamos da obra da Redenção não passivamente, mas como protagonistas ativos, explica Viganò: “É nisso que podemos dizer que somos um povo sacerdotal”.

Portanto, em face da apostasia dos bispos e da agonia da Igreja, não podemos ser verdadeiramente pessimistas, enfatiza Viganò.

Ele recorda que foram os sacerdotes os primeiros a querer matar Cristo: “por isso não é de estranhar que, no momento da Paixão da Igreja, sejam precisamente eles que zombem daquilo que a sua alma cega já não compreende”.

#newsCfsuxfexnz