Clicks1.2K
O BCP: A Vacinação global com vacinas de RNA mensageiro do ponto de vista médico (1.ª parte) e do ponto de vista espiritual (2.ª parte) Muitos especialistas, tanto no Ocidente como no Oriente, já …More
O BCP: A Vacinação global com vacinas de RNA mensageiro

do ponto de vista médico (1.ª parte)

e do ponto de vista espiritual (2.ª parte)


Muitos especialistas, tanto no Ocidente como no Oriente, já expressaram seus pontos de vista sobre a atual vacinação contra o covid-19. Na 1.ª parte, apresentamos alguns deles; e para apresentar um ponto de vista oposto, incluímos também o de seus opositores.

Na 2.ª parte, o Patriarca Elias, do Patriarcado Católico Bizantino, dirigir-se-à àqueles que já foram vacinados.

1.a parte

1) Pavel Vorobyov, Doutor em Ciências Médicas, professor, Chefe do Departamento de Hematologia e Geriatria em Moscou:

“A vacinação contra o covid é um disparate do início ao fim. Hoje se conhecem vários milhares de mutações desse vírus, então que tipo de vacina dar? A situação com o covid é pura política. Francamente, não ouvi falar de nenhuma vacina real contra o covid. Sei que existem vírus geneticamente modificados, que são injetados nas pessoas sob o pretexto da proteção contra o covid. Tais experiências nunca foram realizadas em seres humanos antes... Isto pode mudar o DNA de uma pessoa. E é por isso que estas assim chamadas vacinas anti-covid não têm nada a ver com as vacinas! Embora tenham sido registradas, ninguém sabe como e por quê. Como é possível registrar um vírus? Eu realmente não sei. Além disso, tais vacinas estão sendo testadas nas pessoas praticamente de maneira obrigatória. Sabe, na história mundial, também houve testes de bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki. E estas vacinas anti-covid são basicamente a mesma coisa. Trata-se da destruição em massa de pessoas”.

2) Dr. Vernon Coleman, médico, Inglaterra: “Os especialistas mostram que os vacinados serão os que mais ameaçarão a humanidade. Eles representarão uma grande ameaça para qualquer pessoa que tenha sido vacinada, mas também para qualquer pessoa que não tenha sido vacinada... Os corpos das pessoas vacinadas estão se tornando laboratórios que produzem vírus letais”.

3) Prof. Dr. Alexander Alekséyevich Redko, presidente da Associação Profissional dos Trabalhadores da Saúde de São Petersburgo: “Só se pode vacinar contra infecções estáveis: varíola, raiva... Você dá a injeção a uma pessoa e ela adquire imunidade por toda a vida. Mas se o vírus muda e é completamente diferente a cada seis meses, por que correr o risco e participar de algum tipo de experimento com humanos?”

4) O advogado Reiner Fuellmich é iniciador dos segundos Tribunais de Nuremberg em relação ao escândalo do covid-19. Adverte: “Esta coronacrise deve ser renomeada como ‘coronaescândalo’ que, entretanto, desembocou provavelmente no maior crime contra a humanidade jamais perpetrado. Isto não tem nada a ver com a saúde. O principal objetivo é o controle e, muito provavelmente, também o que faz parte do great reset: a redução da população. ... Isto não é uma vacinação. O que está sendo feito é uma terapia genética experimental.” Portanto, trata-se realmente de crimes de lesa humanidade.

5) O especialista financeiro e misterioso filantropo Jacques Attali afirmou: “O futuro consistirá em encontrar a forma de reduzir a população... Naturalmente, não poderemos executar pessoas nem estabelecer campos. Encontraremos ou causaremos algo, uma pandemia; e os fracos e os medrosos sucumbirão. Vamos livrar-nos deles fazendo-os acreditar que é para seu próprio bem. Os estúpidos acreditarão e pedirão o tratamento. Nós nos asseguraremos de que o tratamento esteja disponível e acessível, um tratamento que seja a solução. Então, a seleção dos idiotas far-se-á por si só: eles irão para o matadouro por conta própria”. Brzezinski e outros fizeram declarações semelhantes.

6) O falso profeta do Apocalipse, que atualmente é o pseudo-papa Bergoglio, negou o primeiro mandamento do Decálogo ao entronizar o demônio Pachamama no Vaticano (2019). O primeiro mandamento, porém, é o fundamento da fé bíblica e salvadora! Ao promover a legalização das uniões sodomitas (2020), Bergoglio derruba todos os princípios morais básicos. Com o slogan “vacinação para todos”, Bergoglio promove o atual experimento de massa em humanos que leva ao genocídio da humanidade. Esta vacinação, de caráter obrigatório, também está sendo imposta pelo pseudo-patriarca Kirill de Moscou, e até mesmo aos monges, sob pena de serem expulsos do mosteiro. Ambos os líderes religiosos, embora ignorantes em medicina, acusam absurdamente a maioria da população saudável de ser irresponsável por não ter aceitado a propaganda falaciosa e ter rejeitado a vacinação perigosa.

Comentários adicionais dos especialistas:

7) Dr.a Galina Borisovna Kirillicheva (em 2010): “O pior que pode acontecer é que as vacinas tornem-se um meio de destruição em massa… Atualmente a ciência está desenvolvendo as nanovacinas que contêm nanochips. Todo o mundo deve sabê-lo e devemos impedi-lo!” (youtu.be/kmESVpIyFwg)

Em 2021: “Estão preparando a vacinação contra o covid... Alguns falam da possibilidade de vacinar as crianças. Isso é verdadeiramente absurdo e, francamente, é um crime.”

“Podemos imaginar os estragos causados pela vacinação em massa que elimina a população resistente.”

“Damos vacinas a pessoas saudáveis, a crianças saudáveis. E, como a pesquisa mais recente demonstrou, dar uma vacina a uma pessoa saudável traz terríveis consequências negativas para seu corpo.”

“Sim, as vacinas são realmente muito prejudiciais.”

“Este é um verdadeiro crime e devemos lutar contra ele, escrever, falar...”


8) Prof. Alexander Borisovich Poletayev (2 de Fevereiro de 2021 assistiu a uma conferência contra as vacinas e morreu repentinamente em 6 de Março de 2021)

«Como está indicado em nossa Constituição, não se deve nem se pode impor uma vacinação obrigatória. Se alguém, na televisão, nos diz que a vacina é absolutamente segura, isso é uma completa bobagem. Pode-se fabricar uma vacina em poucos meses, mas demora um mínimo de 3 a 5 anos para provar sua eficácia. Não é possível arrear as pessoas como uma manada de ovelhas e obrigá-las a vacinar-se estalando o chicote até que se resolva a questão de quem assumirá a responsabilidade. A produção de vacinas e sua distribuição traz uma grande quantidade de dinheiro, nada menos que o narcotráfico. Quando há muito dinheiro em jogo, a consciência, às vezes, é deixada de lado”.

9) Prof. Alexander Alekséyevich Redko

Todos devem decidir por si mesmos, mas tem que ser um consentimento informado de acordo com o Código de Nuremberg.

— Por favor, me deem a informação sobre a composição da vacina.

— Nós lhe daremos parte dela, a outra parte é um segredo comercial.

— E por que deveriam injetar-me esse segredo comercial?

A lógica do profissional médico nos diz: se um vírus muda, não pode haver uma vacina inofensiva contra ele!

Inscreva-se para receber os boletins informativos do PCB

sendpulse.com/5700c12ee6/