Clicks270
pt.news

Francisco se despede de mestre de cerimônias, organizador de viagens, Alitalia - e do Evangelho

“Nunca se diga que palavras divisivas saem da boca de líderes religiosos, mas apenas palavras de abertura e paz”, disse Francisco a líderes protestantes e judeus em 12 de setembro em Budapeste - enquanto Cristo diz que “Não vim trazer paz , mas espada” (Mt 10:34).

Além disso, Francisco descreveu o Ano Novo judaico e o Dia da Expiação como “momentos de graça e um apelo à renovação espiritual” - embora sejam baseados na negação de Cristo.

Ele afirmou que os judeus [religiosos] são seus “irmãos na fé de nosso Pai Abraão” - o que implica que a fé de Abraão e de Cristo são duas coisas diferentes, o que não são. De acordo com João 3:36, são verdadeiros filhos de Abraão apenas aqueles que crêem em Cristo e “todo aquele que se recusar a crer no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus permanecerá sobre ele”.

Durante o voo a Budapeste, Francisco disse que esta viagem foi de despedidas: a última com o seu mestre de cerimônias, Mons. Guido Marini, a última com o seu organizador de viagens, Mons. Dieudonné Datonou, e a última com a Alitalia, que será rebatizada em Outubro.

#newsYwjkbponzb