Clicks154
pt.news

Cardeal Müller chama cardeal Parolin de "modernista"

Falar de "mudança de paradigma" é uma "recaída em uma forma modernista e subjetiva de interpretar a fé católica", escreve o cardeal Gerhard Müller em firstthings.com (20 de fevereiro).

No passado recente, o cardeal Pietro Parolin, secretário de Estado do vaticano, e o cardeal de Chicago Blase Cupich, invocaram uma "mudança de paradigma" em relação a Amoris Laetitia.

Müller notou que interpretações de Amoris Laetitia não se tornam ortodoxas pela afirmação de que estejam em conformidade com as presumidas intenções de Francisco, em vez disso: "Elas são ortodoxas somente se estão de acordo com as palavras de Cristo preservadas no depósito da fé."

O cardeal adverte que se opor a coisas é um dever da consciência quando o termo "mudança pastoral" é usado como uma ferramenta para marginalizar o ensinamento da Igreja, "como se doutrina fosse um obstáculo para o cuidado pastoral".

Fotografia: Gerhard Ludwig Müller, © Raimond Spekking, CC BY-SA, #newsMecbrluuus