Christmas Campaign: Financial Insights
Clicks104
Melinda Me shares from pt.news
1

Herói explica ao Gloria.tv como retirou as Pachamamas

O corajoso cristão que jogou as Pachamamas no Tibre em 21 de outubro é de Viena, Áustria.

Seu nome é Alexander Tschugguel. Ele contou ao Gloria.tv (4 de novembro) sua história.

Durante o Sínodo da Amazônia, em outubro, Tschugguel voou duas vezes para Roma. No primeiro final de semana de outubro, ele visitou eventos em todo o Sínodo, incluindo a agora notória igreja de Santa Maria in Traspontina.

Ativistas da Amazônia que estavam presentes na igreja disseram a ele que os missionários da Amazônia pararam de batizar os nativos e que as estátuas dos altares laterais eram símbolos de fertilidade, da "Mãe Terra" e da divindade "Pachamama".

Duas semanas depois, Tschugguel e seus amigos decidiram retirar os ídolos da igreja. No mesmo dia, no domingo (20 de outubro), eles voaram para Roma.

No dia seguinte, às 6:30 da manhã, foram para Santa Maria em Traspontina. Enquanto esperavam a abertura da igreja, eles rezaram o rosário.

Às 7:00. Entraram e removeram os ídolos, para logo jogá-los no Tibre. Uma estátua pousou no píer da ponte.

Para Tschugguel, o fato de as estátuas terem sido recuperadas não tem importância: "O sucesso consiste no fato de não estarem mais na igreja", explicou ele ao Gloria.tv.

Também ficou contente por Francisco ter identificado as estátuas como "Pachamama". Assim, o caráter pagão das figuras foi confirmado pela mais alta autoridade eclesiástica.

Tschugguel salienta que sua ação teve um enorme impacto na mídia. Somente no Youtube, o vídeo teve mais de 1,5 milhão de visualizações. Em toda a Internet, gerou de 30 a 40 milhões de cliques.

Tschugguel não tem medo de ser processado. Um processo judicial daria a ele outra oportunidade de se expressar, o que serviria à causa, explicou.

#newsPvsmdwqoob

Melinda Me shares this
104
Parabéns!