Clicks177
pt.news

Mais incomum: bispo não se imperssiona com a propaganda dos oligarcas na mídia

O bispo de Waterford e Lismore (Irlanda), Alphonsus Cullinan, de 61 anos, caminhou com um ostensório pelas ruas de Waterford no domingo. Na Irlanda, todo culto público está proibido. Os padres são forçados a celebrar a missa secretamente.

Depois que Cullinan carregou uma cruz na Sexta-feira Santa através de Waterford, ele foi abusado pela mídia dos oligarcas, conforme relata CatholicArena.com.

IrishExaminer.com (5 de abril) bancou o informante e publicou a manchete “Clérigo critica Bispo de Waterford por suposta violação da Covid”. O padre Timothy Hazle fez o papel de Judas.

Usando perguntas sugestivas como “A Igreja ainda acha que tem privilégios? Estamos acima da lei?", IrishExaminer.com insinuou que a Igreja deveria ser discriminada e sujeita a perseguição judicial.

Em 9 de abril, IrishExaminer.com expressou indignação com o secretário de Cullinan, que escreveu em um e-mail o truísmo de que a Organização Mundial da Saúde está "promovendo o aborto, a homossexualidade e o feminismo radical em uma tentativa de reduzir a população global".

Bastante incomum para um bispo, cuja covardia é proverbial, Cullinan não se impressionou com a fúria dos oligarcas. Em 11 de abril, ele estava novamente na rua.

#newsIavsokwtxu