Clicks199
pt.news

Princesa Gloria, vinte sacerdotes, oitenta estudiosos: Francisco pagão deve se arrepender

Cem sacerdotes e estudiosos leigos ao redor do mundo publicaram, em 12 de novembro, uma declaração protestando contra a adoração de Pachamama durante o Sínodo Amazônico e ressaltando a responsabilidade pessoal de Francisco.

A declaração, intitulada “Protest against Pope Francis’s Sacrilegious Acts” [Protesto contra atos sacrílegos do Papa Francisco], está publicada em várias línguas em ContraRecentiaSacrilegia.org.

Ela faz referência à declaração de Josef Seifert publicada em Gloria.tv, que diz que colocar ídolos em uma igreja é, objetivamente, um pecado grave, independentemente de uma culpabilidade subjetiva.

Dentre outros signatários, estão os padres Brian Harrison, Cor Mennen, John Saward e Stefan Dreher da FSSP.

Outros signatários são os professores John Rist, Roberto de Mattei e Gerard van den Aardweg, bem como celebridades como a princesa alemã Gloria de Thurn and Taxis e o o ex-parlamentar alemão Willy Wimmer.

#newsRvxpcyewvd